• Redação Nova Brasil América

Secretário de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais é exonerado por Zema

General Mauro Lúcio Alves de Araújo deixa pasta após dois anos como secretário de Justiça e Segurança


Secretário de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, General Mario Lucio Alves de Araújo foi exonerado do cargo nesta segunda-feira (25/01) por Romeu Zema, governador do estado. Um substituto ainda não foi definido pelo chefe do Executivo estadual.


Mario Lucio estava no posto desde janeiro de 2019, quando teve início o mandato de Zema no Governo de Minas. Em mensagem enviada a amigos, o agora ex-secretário disse que sai do posto “de cabeça erguida”.

"Saio de cabeça erguida, consciente que fiz de tudo para bem servir a população mineira. Desejo sorte ao governador Zema e à equipe. E nós continuaremos juntos. Não muda nada. Quando olho para trás, sinto de forma clara que tudo que fizemos valeu muito a pena", escreveu.

Mario Lucio Alves de Araujo, de 64 anos, é general de Divisão da reserva do Exército. Ele era o responsável pela interlocução com as forças policiais mineiras e com o Corpo de Bombeiros. O ex-secretário concorreu ao cargo de deputado federal em 2018, pelo PSL, mas não foi eleito (teve 20.140 votos totalizados - 0,20% dos votos válidos).

3 visualizações0 comentário